Fazer os folares em casa

As mentes estão curiosas e as mãozinhas irrequietas à procura de algo para fazer? Temos a sugestão: passar a tarde a fazer folares. E a cuidar deles. É que receitas destas implicam descanso da massa e visitas ocasionais para ver como está. E quem diz folares, diz bolos, porque fazer bolos em casa costuma ser uma atividade que as crianças adoram. É preciso que os pais estejam de mente aberta, porque os pequenos, ao querer ajudar, vão talvez adicionar um pouco mais de desarrumação ao processo. Mas a satisfação é impagável e, se fizermos com tempo, haverá sempre tempo para a arrumação.

Numa Páscoa especial como esta, os folares podem ser feitos antes, no próprio dia ou até depois, quando se puder/decidir fazer uma celebração com a família, assíncrona em relação ao calendário. A receita de folares alentejanos também é muito parecida à de outros bolos fintos (isto é, bolos de massa que se deixa repousar para crescer). Então, mais erva doce menos azeite, mais açúcar menos canela, é uma receita que se pode fazer em qualquer altura do ano.

Fazer bolos em casa é também um momento perfeito para falar sobre a escolha de ingredientes (e os critérios de cada família), sobre a escolha de embalagens e o facto de fazer em casa evitar pelo menos a embalagem dos bolos ou biscoitos que estamos a fazer.

A primeira etapa é escolher uma receita: a internet tem tudo, mas procurar nos livros que há em casa pode ser o início da aventura! A receita de hoje é de família, da minha bisavó, reproduzida de memória pela minha mãe. Eu, no lugar da banha ponho azeite e quem quiser também pode substituir a manteiga por margarina. Dá para 4 folares pequenos e não ficam muito doces.

Deixo abaixo os ingredientes. Quanto à execução, é assim: juntar os secos de um lado, os líquidos do outro. Fazer um vulcão com os secos, isto é, uma montanha com uma cratera a meio. Deitar para dentro da cratera todos os líquidos: misturar primeiro e, quando a consistência permitir, amassar. Deixar a massa “dormir” durante uma hora ou até dobrar de volume. Dar-lhe forma, colocando no meio ovos cozidos ou amêndoas (dependendo da preferência). Pôr novamente a dormir. Vai a forno médio até ficar dourado.

 

Folares da avó Guida:

500g de farinha sem fermento

1 saqueta de fermento de padeiro

1 ovo

200ml de leite ou bebida vegetal

80g de manteiga

45g de banha/azeite

1 colher de chá de erva doce

1 colher de sopa de canela

125g de açúcar

amêndoas ou ovos cozidos

Bom apetite!

 

E vocês, também têm receitas de família que gostam de fazer com as crianças?

Deixe um comentário

Tenha em atenção que os comentários precisam de ser aprovados antes de serem exibidos